junho 08, 2010


8 de Junho de 2010

ser o contrário do farol, apagar a luz para que tudo encalhe e só iluminar na solidão



pensar a posição fetal como a mais natural
um corpo que se curva perante a imensidão
uma vírgula no livro dos livros



estar tão dentro do que digo que me projecto no espaço ao dizê-lo





Sem comentários:

StatCounter